Meu primeiro trimestre!

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Meninas estou adorando as participações e os recadinhos de vocês aqui no blog, muitooooo obrigada, vocês enchem meu coração de alegria! ♥
Hoje vou participar vocês das felicidades e dificuldades do meu primeiro trimestre de gestação.

Posso começar dizendo que quando era noiva lia tudo sobre casamento, vida a dois, relacionamento conjugal, papéis no relacionamento, etc... E desde que casei leio tudo sobre maternidade, bebês, educação de crianças, psicologia infantil e por aí vai... Gosto muito do assunto e como sou uma pessoa ansiosa por natureza, tento me preparar com antecedência para as coisas que estão por vir em minha vida.
Então posso dizer que estava "preparada" na teoria para tudo o que a gestação e maternidade poderiam me trazer, tipo: enjoos, mal estares, dores, medos, sintomas chatos, noites sem dormir, mudanças hormonais, corporais, mudanças de humor, gastos extras, enfim tudo que lia a respeito. Mas confesso que não estava preparada, depois de tanto sacrifício que passei para engravidar, para uma gravidez de risco; e foi exatamente isso que aconteceu. Não estava preparada pois tenho uma ótima saúde, não tenho pressão alta, diabetes, trombofilia, ou qualquer uma dessas doenças que caracterizam uma gravidez de alto risco...
Mas enfim, quando completei 7 semanas de gravidez tive um sangramento pequeno porém muito vivo e corri para o Pronto Socorro. Graças a Deus não foi nada grave, apesar do imenso susto... Fiz a minha primeira ultra e ouvi o melhor som da minha vida, as batidas do coração do meu baby, um momento mágico, um bálsamo depois de tanta angustia.

primeira ultra, primeira foto do meu amor!

Só que desde então nunca mais parei de sangrar, sangrava pouco, mas constante, quase que diariamente. Comecei tomar o meu primeiro anti-abortivo (Utragestan), mas nada adiantava, o sangre seguia comigo.
Ia no G.O. (ginecologista obstetra) e em PS quase todos os dias e a conversa era sempre a mesma, repouso, não é nada, aparentemente o bebê está bem, temos que aguardar, seu corpo está se adaptando a gravidez, etc. Troquei de médico 4 vezes, uma frustração só, até ser diagnostica com gravidez de alto risco e começar a ser tratada por um especialista em gestação de risco e reprodução humana.
Até encontrar esse médico tive 2 princípios de aborto com sangramentos bem agudo de fluxo intenso (como uma menstruação de verdade) e descolamento de placenta (na verdade saco gestacional). No segundo principio de aborto me desesperei profundamente pelo tamanho do sangramento com expulsão de vários coágulos. Quando cheguei no hospital e fui examinada pelo obstetra de plantão ele já me deu a notícia que tinha perdido o bebê e que era somente para fazer um ultrassom para confirmar. Nessa hora meu mundo caiu, tive que ser carregada para a sala de ultrassom, pois eu tremia e chorava tanto que não conseguia nem andar.
Mas pela honra e glória do senhor, mesmo sem merecer, mais um milagre eu recebi! Quando o médico começou a fazer o ultrassom lá estava meu bebê firme e forte se mexendo e com o coração a mil (180 bpm), nem eu, nem meu marido acreditava no milagre, só quem viu o tamanho do sangramento entendia o porque do nosso desespero. Nesse dia estava quase com 11 semanas de gravidez e o médico disse que estava com 50% da placenta (saco gestacional) descolada, era para eu continuar com a complementação de progesterona (Utragestan), fazer repouso absoluto e aguardar. Não tinha muito o que fazer, tinha que aguardar a natureza agir, ou o meu corpo aceitaria essa gestação e absorveria de novo a placenta ou meu corpo expulsaria o feto e eu teria um aborto espontâneo.
Depois disso nem voltei mais pra casa, era uma segunda -feira, como já estava de licença do trabalho há algumas semanas, fui passar uns dias na casa da minha mãe, pra ser cuidada por ela e minha avó. Não podia levantar pra nada, só banheiro e tomar banho... Vou te falar que não é fácil esse tal de repouso absoluto viu dá uma depressão...
Foi ai que através de uma indicação da prima do meu marido encontrei o dr Sérgio especialista em gravidez de alto risco e reprodução humana. Pagamos a consulta, consegui um encaixe para quinta-feira da mesma semana e fomos lá, eu e mamis. E mais uma vez por providência de Deus, o médico tem máquina de ultrassom na sala dele, e quando ele foi me examinar eu não tinha mais NADA... Ele me disse exatamente assim: "Ou você está com o diagnóstico errado, pois não vejo nada descolado por aqui como mostra no seu ultrassom anterior, ou milagrosamente sua placenta colou em 3 DIAS, e eu nunca vi isso acontecer!!!"
Receber aquela notícia maravilhosa, foi como tirar um elefante das minhas costas!
Ai eu perguntei: e o sangramento que não pára dr. Sérgio?
E ele me disse que eu estava com a medicação e dosagem erradas, na verdade insuficiente. Tomava 2 remédios por dia e ele passou para 4 e numa dosagem maior. E uma semana depois da consulta meu sangramento sumiu e nunca mais voltou. \o/
Esse meu médico é muitoooo competente e devo toda a minha recuperação a Deus em primeiro lugar e depois a ele. O único contratempo para mim não é nem ter que pagar a consulta todos os meses, pelo meu bebê pagaria mais se precisasse, mas o dr. Sérgio é cesarista, provavelmente por esse motivo, não farei meu parto com ele, pois se puder escolher não farei uma cesárea eletiva (marcada). 
Continuarei com o dr. Sérgio até o fim da gestação, pois não confio mais em outro médico. rs E a minha decisão de parto eu compartilho com vocês depois. :-)

Bom meninas, resumindo o que já ficou gigante, meu primeiro trimestre de gestação foi uma mistura de sentimentos, mas o que prevaleceu mais foi o medo, medo de perder meu bebê, medo de voltar a ser tentante, só MEDO, um medo que paralisava.... Não curti o tanto que gostaria o inicio da gravidez. Mas Deus me mostrou que está no comando o tempo todo, e assim que a fase ruim passou, minha FÉ Nele amentou ainda mais. Sou grata por mais esse aprendizado! E agora estou curtindo cada segundo dessa fase maravilhosa!
Fiquei 45 dias de licença afastada do trabalho e quase 5 semanas (da 7ª semana até a 12ª semana de gestação) sangrando sem nenhuma explicação concreta. Mas hoje quando conto a história, nem parece que foi comigo, parece que faz tanto tempo.
Atualmente já voltei a trabalhar e estou na 20ª semana da gravidez (já estamos na metade do caminho \o/ iupiiii)... Estou levando uma vida normal e a gravidez não é mais considerada de risco, apesar de eu continuar tratando com o mesmo especialista.
E é isso meninas, o primeiro trimestre durou até a 13ª semana e foi cheio de altos e baixo, mas graças a Deus o saldo foi positivo.
Quer ver minha barriguinha do começo? Dá só uma olhada.

visita especial da amiga Márcia, 12 semanas de gravidez!

Grande né? Imaginem agora? rs
Esclarecendo que tenho placenta anterior e com isso a barriga é maior mesmo do que quem tem placenta posterior, somando que sou grande e nem um pouco magra rsrsrs, resultando na senhora barriga. kkkkk Mas estou amando a cada dia mais minha barriga, adoro exibi-la.
E meu marido é tãoooo fofo ♥ que jura que só cresceu barriga até agora! rsrsrs 
Por incrível que pareça não engordei nada, muito pelo contrário, perdi 2 quilos no primeiro trimestre e na última consulta, desses 2 quilos só tinha recuperado 600 grs. Vamos ver na próxima!
Por hoje é só meninas, espero vocês no próximo post.
Obrigada pela companhia, amizade de sempre e pelos recadinhos lindos do último post. Desejo o dobro de bençãos na vida de vocês! S2


* Fotos do meu arquivo pessoal.

15 comentários:

  1. Nossa que nervoso, nem imagino como seja passar por tudo isso, mas que bom que passou!

    Repouso absoluto realmente é o pior que há, eu já fiz uma cirurgia que tiver que ficar de repouso absoluto e de bruços por 20 dias, e foi horrível!

    Agora é só alegria! Aproveite bastante! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Paty repouso é horrível mesmo e não tem nada haver com descanso né? rs
      Ficamos mais cansadas ainda.... rs
      Beijos

      Excluir
  2. Nossa Kizzy, imagino a angustia. Mas que bom que deu tudo certo.

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Ola Ki !
    Eu fiquei aflita só de ler imagino você passando por isto .Mas graças a Deus que esta bem e seu baby esta com saúde e forte, podemos ver neste momentos que Deus nunca nos desampara . Quero ver ainda vários post desta barriguinha ta rsrs
    Um grande Beijo

    http://vanubiaefabiostz-nossacasa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita e pelas palavras flor!
      Beijos

      Excluir
  4. Eu precisei desse repouso no final da gravidez e é bem difícil, mas vcs foram vitoriosos e abençoados e a titia louca pra conhecer esse baby guerreiro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Nossa Ki eu não sabia que vc tinha passado por tudo isso, mas quando Deus quer nada impede.
    Estava lendo seu post anterior e vi muitas coisas em comum no ciclo que engravidei, eu era a paranoia em pessoa e justamente no mês que eu nem se quer sabia que dia do ciclo estava veio o meu positivo. Deus age quando a gente menos espera rs.

    Beijos e agora só curtir essa princesa que tá vindo ai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Bru vc profetizou e deu certo, somos mãezinha de 2014/2015. \o/
      Beijos

      Excluir
  6. Oi Kizzy! Ah delicia voltar a ler e comentar no blog, andava só pelo face que era o que conseguia pelo celular mas agora já achei app decente que me permite comentar.
    O face é tão impessoal, por aqui a gente se sente mais próxima.
    Eu primeiro tive um aborto com 9 semanas, e ai na segunda gestação tive dois sustos. Somada à experiência anterior posso dizer que tb não curti como deveria o incio da minha gestação da Livia. A insegurança é muito grande. Isso que não tive nem perto desse teu sangramento. Mas Deus é mais!
    E agora estas ai toda linda com esse barrigao!
    Curte muito pq passa tão ligeiro.
    Fico feliz em saber q optas pelo parto e não cesarea. Leia muito e se empoderar! Seu momento ha de ser lindoooo
    Bjocas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por todo o carinho Jana, volte sempre aqui viu!
      Beijos

      Excluir
  7. Nossa, não sabia que tinha passado por tudo isso. Que bom que está tudo perfeito agora.
    E quanto a via de nascimento em SP tem ótimas casas de parto.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graças a Deus agora está tudo bem Bru, obrigada pelo apoio.
      Beijos

      Excluir
  8. Nossa, não sabia que tinha passado por tudo isso. Que bom que está tudo perfeito agora.
    E quanto a via de nascimento em SP tem ótimas casas de parto.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Kizzy consigo imaginar sua angustia nesse primeiro semestre, graças a Deus foi só um susto, e agora é só curtir
    Beijos

    Um Lugar Especial

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e comentário.
Seu carinho alegra meu dia!

E se você não for blogueira (o) deixa seu Nome e E-mail para que eu consiga responder.

Beijos
Ki :-)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...